quinta-feira, 8 de julho de 2010

PARÁBOLA DA VIDA REAL



Autor Desconhecido

Havia um rapaz muito infeliz. Seu nome: João. Ele era uma pessoa realmente triste. Do tipo de pessoa que ninguém queria estar por perto. Era um cara tímido, e mal-humorado. Nem amigos tinha. Mas ele, como todo mundo, buscava a felicidade. Ah!! Como ele a procurava!!

Certa vez, buscando conselhos, alguém lhe disse: "- Ei, coloque essa máscara. As pessoas olharão pra você e verão em você um cara simpático!!" João respondeu que não queria fazer aquilo. E, a pessoa insistiu: "-Não esquenta cara, é assim que todos fazem!!" E João fez isso: ''desenhou'' um belo sorriso no rosto. Enfim, passou a usar uma máscara. Todos se encantaram com o novo João. Agora onde ele chegava, ele era bem quisto. Todos gostavam de ouvir suas piadas e suas histórias. Ele era o que você descreveria como uma pessoa feliz.
Dava gosto de estar com ele. Mas quando as pessoas não estavam por perto, João era outra pessoa. Certa vez quase o flagraram chorando. Poucos souberam, mas João estava pensando em suicidar-se. Mas por quê? Ele parecia ser tão feliz!!! Bem, uma máscara pode mudar o exterior, mas não o interior. Por dentro, ele continuava a mesma pessoa infeliz.

Depois desse dia, ele desistiu de usar a máscara. E claro: todos se distanciaram dele. Ele já não era uma pessoa que interessasse aos outros. Ele sentiu na pele a superficialidade dos relacionamentos. João percebeu que as pessoas perguntam "Como vai? Tudo bem?" mas não querem que a outra responda como realmente tem passado. As pessoas, em geral, não são sinceras ao perguntar isso. Se ele parasse e respondesse como estava sentindo-se, o deixariam falando sozinho ou lhe chamariam de chato. As pessoas, em geral, não se preocupam com as outras: apenas usam uma máscara.

Decepcionado com as pessoas, e mais triste que nunca, João saiu pelas ruas. E caminhou muito... De repente João tropeçou num livro. Era uma Bíblia!! E João começou a folheá-la e leu... "Mt:11:28-30: Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve." Um turista que passava por perto logo foi dizendo: "-Cara, deixa isso pra lá. Esse é o livro mais fantasioso que conheço".

Mas João, não se importou, e continuou a ler... "João:6:37: ...o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora." E naquele dia João, caiu de joelhos, e em lágrimas disse: "- Jesus Cristo, eu me achego a ti, Senhor, pois sei que te importas comigo! Perdoa meus pecados e alivia meu fardo...." E aquele rapaz foi inundado por uma paz ímpar.

Agora, justo agora, quando havia perdido as esperanças nas coisas materiais, que este mundo tanto valoriza, João encontrou a felicidade. Ele já não sorria por usar uma máscara. Mas porque tinha motivos pra isso. Ele entendeu o que Jesus quis dizer com as palavras abaixo: "Não se turbe o vosso coração; credes no Pai, crede também em mim... Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá." (Evangelho de João, capítulo 14) E essa paz, verdadeira, está disponível a cada um de nós. Basta se achegar ao Filho de Deus!

Que tal experimentar?! (autor desconhecido)

REFLEXÃO - Pr. Elinaldo Renovato de Lima

É assim, mesmo. Na vida real, as pessoas, em sua maioria, não gostam da verdade. Preferem a aparência. Não valorizam a realidade, mas se sentem melhor com a fantasia, a máscara. É o que faz o diabo, levando muita gente a usar máscaras. Até mesmo cristãos caem nessa armadilha, de usarem máscara, sendo hipócritas, escondidos através do manto da falsa imagem. Jesus disse que , no meio do "trigo" (crentes fiéis), haveria o "joio" (os falsos crentes). Eles convivem lado a lado, frequentando a mesma congregação, cantando no mesmo grupo de louvor, participando do ambienta da igreja local. E tem mais: se parecem com o trigo, ou seja , eles usam máscaras.

Mas, um dia, toda máscara cairá, diante do fogo do juízo de Deus.
NO caso do João, ele usava máscara por fraqueza espiritual e moral. Não tinha forças sequer de se abrir com alguém, ou ao abrir-se, tirando a máscara, viu que as pessoas preferiam seu sorriso cínico a suas lágrimas sinceras.

Mas, para sua felicidade, no caminho da vida, encontrou-se com Aquele que é "o caminho, a verdade , e a vida", JESUS CRISTO, que o salvou, e lhe deu felicidade.

Vale a pena experimentar, entregando a vida a JESUS CRISTO.

3 comentários:

Susana disse...

Graça e paz, gostaria muito de me informar sobre o professor Ricardo Aparecido dos Reis, vc tem um dos artigos dele, mas não o encontro. De que forma você adquiriu o material dele?

abçs
Susana

anderson o chapa disse...

INDIQUE o blog http://www.andersonsemeiador.blogspot.com/
PARA QUEM VOCÊ AMA E SEMEIE A BOA PALAVRA POR TODA A TERRA HABITADA.

Paulo Brandão disse...

Graça e Paz Suzana, de fato não conheço pessoalmente o prfº Ricardo, recebi o material que foi publicado de um amigo e Irmão em Cristo, inclusive ele já dorme no Senhor, foi acometido de um cançer e infelizmente veio a faleçer.

Desculpe-me pela demora em responder, pois estava sem acesso a internet de meu computador, mas quero agradecer-lhe a visita a nosso blog, e, fique avontade para postar algum comentário se assim desejar.

Paulo Brandão



Paz de Cristo Anderson! Com certeza estaremos divulgando seu blog sim! Vamos semear a Palavra de Deus!


Paulo Brandão